TEM DATA, 23 DE ABRIL!

Julgamento sobre caso Vitor Ramos foi marcado para 23 de abril e é tido como boa notícia pelo jurídico do Inter que tenta antecipar o julgamento atuando em parceria com dois advogados suíços, contratados pelo clube.
A outra informação, ou outro “recado” enviado para CBF, após desmitificação dos mundiais anteriores a 2000 e intimação dos procuradores do STJD, o TAS não aceitou o pedido de bifurcação da CBF alegando que o órgão Suíço não tem competência para julgar o caso!
O que tem tomado no café da manhã o pessoal do jurídico da CBD? Essa que tem um histórico de relação recente bem perturbado com a entidade maior do futebol mundial, basta digitar no google: FIFA processa CBF…
O torcedor Colorado, que sem notícia nenhuma por parte da mídia esportiva nacional, principalmente os canais abertos, vive uma angustia querendo  saber se será julgado antes ou não do início das competições  nacionais, bagunçadas e quase sem valor esportivo se não pelas vagas na libertadores que agora são “milhares”, diga-se de passagem, saiba que o TAS já se pronunciou que dará um parecer antes do inicio da série B que começa em 12 de maio.
O Boato
É forte em redes sociais que a CBF se antecipará, prevendo ser punida e tentando evitar o pior, opinião desse blog, e marcará o brasileiro com 22 times, com o Inter e “subindo” o Vitória, nessa ordem! O que nos desperta uma curiosidade, porque a CBF está temendo tanto a federação Baiana de futebol? Essa que já ameaçou no final de 2016 “travar” o campeonato em alto e bom tom, em caso de descenso do time do Vitória, o infrator. Trata-se de boato, mas os sintomas apresentados tanto na Suíça como por parte da CBF estremecem a torre de babel no Rio de janeiro. Parece que a entidade não tem mais toda aquela convicção de estar totalmente certa. Os sinais ficam cada vez mais claros:
Primeiro a CBF tentou intimidar o clube hexa campeão gaúcho entrando com processo de falsidade de documentos, agora tenta desacreditar o TRIBUNAL SUPERIOR DE ESPORTES e por fim “o boato”, e onde há fumaça, tem uma batata assando.
É claro que o sabemos que a CBF não entregaria os pontos assim tão “facilmente” se é que da pra chamar esse calvário que o Colorado vem sofrendo desde 2009, pós dossiê gamba. Caso Inter derrube  esse desmando no futebol brasileiro, começamos a caminhar em direção do velho e bom futebol disputado em campo há muito não visto. Parafraseando Neil Armstrong –  Esse será um pequeno passe do jurídico esportivo Colorado mas um gol gigantesco para moralidade do futebol brasileiro.

Siga Blog PURO SANGUE VERMELHO

Anúncios

A SUÍÇA É LOGO ALI!

A Corte Arbitral do Esporte, que irá ser responsável pelo julgamento do caso Victor Ramos, marcou a audiência para Abril. Sem data definida.

O Inter tenta fazer que o julgamento ocorra ainda na primeira semana do mês, tentando se afastar ao máximo no início do Brasileirão.

Serão 3 juízes no caso, um italiano, um israelense e outro português.

A CBF tentou entrar com um pedido de “bifurcação”, alegando que o TAS não teria autonomia de julgar o caso. Esse pedido foi negado, notícia que deixa o jurídico colorado confiante.
Fonte: Catimba Colorada