A BOLA PUNE

Inter se mantem há 10 pontos da zona de conforto onde estaria longe do z4. Teve essa chance nas duas últimas rodadas e não aproveitou. Ontem no Horto, em BH, não quis aproveitar de novo, entrou com um futebol covarde em busca de “equilíbrio”, Roth errou e feio. A hora não é de buscas e tentativa, a hora é postura ofensiva com raça e dedicação. Os três volantes usados pelo técnico não deram mais segurança a defesa Colorada, simplesmente evitaram que o próprio Inter jogasse. Num futebol feio e acovardado o Inter não criou, não teve raça, chegamos até a procurar a vontade que sobrou contra Fortaleza e Santos nos jogadores, e ela não estava lá. Não seria a hora de colocar os medalhões para tentar uma recuperação? Ontem não conseguimos vencer o lanterna da competição, um clube que nunca havia vencido o Inter em brasileiros, mais um tabu que caiu, o outro pode ser o primeiro descenso. O Inter mudou no final, tentou colocar qualidade com Seijas e Nico, essa qualidade que o técnico Colorado abriu mão antes mesmo do jogo. Em nada melhorou o time, pelo contrário, aos 45, mesmo não merecendo, o América achou o seu gol, como dizem , quando se abre mão de jogar bola, a bola pune.

Siga o blog: PURO SANGUE VERMELHO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s